Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Natura no SXSW

A Natura participou do Festival SXSW, maior evento de economia criativa do mundo, fazendo parte do movimento #BrazilInspiresTheFuture.

Deu no NYT: turistas brasileiros vão entregar as redes sociais para entrar nos EUA

Quem escreveu

Renato Salles

Data

03 de April, 2018

Share

Em meio a todas as polêmicas envolvendo a Cambridge Analytica e o vazamento de dados pessoais através do Facebook, Donald Trump pode dar mais uma voadora no peito dos chamados ‘países de merda’, o que inclui o Brasil. O Departamento de Estado do Estados Unidos propôs uma nova lei que exige de qualquer pessoa que pedir um visto de turista para o país seja obrigado a entregar seus perfis de redes sociais para escrutínio das autoridades americanas.

Em setembro passado, uma alteração na lei já exigia esses dados de solicitantes de vistos de imigração, e afetava cerca de 700 mil pessoas por ano. A nova regra, que abrange todo tipo de visto com excessão vistos oficiais e diplomáticos, podem atingir mais de 14 milhões de pessoas que pedem vistos anualmente. Ela não afeta cidadãos de países considerados ‘aliados’ dos Estados Unidos, que não requerem vistos de entrada, como é o caso de muitos países da União Europeia, Inglaterra, Canadá, Japão e Coréia do Sul. Mas acerta em cheio o Brasil, e também a Rússia, China, Índia e México.

A proposta inclui 20 redes sociais, muitas delas baseadas nos próprios Estados Unidos. São elas: Facebook, Flickr, Google+, Instagram, LinkedIn, Pinterest, Tumblr, Twitter, Youtube, Reddit, Myspace (jura?) e Vine. As outras redes são de fora, mas com grande alcance regional. É o caso das chinesas Douban, QQ, Sina Weibo, Tencent Weibo e Youku, e da russa VK.

imigração, controle de passaporte
Foto: James R. Tourtellotte – Creative Commons

Desde a entrada de Trump na presidência, os movimentos contra a entrada de estrangeiros, seja para morar ou para visitar, tem sido constantes. Já na campanha, ele prometeu uma ação de ‘veto extremo‘ para as fronteiras americanas. Em março do ano passado, os consulados foram instruídos a apertar a fiscalização na emissão de vistos. E nos últimos meses, muitas pessoas foram surpreendidas nos aeroportos e fronteiras com a exigência de entregar as senhas de suas redes sociais.

Segundo o chefe de gabinete de Trump John F. Kelly, uma pessoa que se recusa a entregar suas senhas é porque tem algo a esconder, e por isso será vetada. Os críticos da proposta dizem que essas medidas são ineficientes, intrusivas, ridículas, e ainda ferem os direitos civis de imigrantes e turistas. O Facebook, entre outras companhias, se pronunciou no ano passado, opondo-se “a qualquer empenho em forçar viajantes a entregar suas informações privadas, incluindo senhas.” Apesar que a empresa não anda lá com muita moral para falar sobre privacidade, com os atuais escândalos que está envolvida.

A proposta deve, por lei, ficar exposta a comentário público por 60 dias, antes de ser efetivada e entrar em ação. A data para isso acontecer é 29 de maio. Mas as manobras de Trump já começaram a surtir efeito. O número de visitantes nos Estados Unidos tem caído, apesar de Nova York ter tido público recorde de turistas no ano passado.

Quem escreveu

Renato Salles

Data

03 de April, 2018

Share

Renato Salles

Para o Renato, em qualquer boa viagem você tem que escolher bem as companhias e os mapas. Excelente arrumador de malas, ele vira um halterofilista na volta de todas as suas viagens, pois acha sempre cabe mais algum souvenir. Gosta de guardar como lembrança de cada lugar vídeos, coisas para pendurar nas paredes e histórias de perrengues. Em situações de estresse, sua recomendação é sempre tomar uma cerveja antes de tomar uma decisão importante. Afinal, nada melhor que um bom bar para conhecer a cultura de um lugar.

Ver todos os posts

Comentários

  • Onde está o link pra notícia do NYT que fala que brasileiros precisarão entregar senhas de rede social?
    - Daniel Silva
    • Olá Daniel, O link da matéria do NYT está no primeiro parágrafo do texto. A proposta ainda não está ativa, mas pode ser aprovada no mês de maio. Abs
      - Renato Salles
    • Opa, segue: https://www.nytimes.com/2018/03/30/world/americas/travelers-visa-social-media.html
      - lalai

Adicionar comentário

Assine nossa newsletter

Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.