De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

As boas do fim de semana no Rio: 12.01

Data

10 de January, 2018

Share

Patrocínio

Francisco Brennand – Mestre dos Sonhos

Francisco Brennand se dedica a seu trabalho artístico há 75 anos | Foto: Rafael Martins

É a chance de conhecer o pernambucano que já dedicou 75 dos seus 90 anos à arte. A exposição na Caixa Cultural, dividida em quatro alas, traz cerâmicas, desenhos e pinturas de Francisco Brennand. São 31 obras de diferentes fases da carreira do artista, que, a partir da tradição cultural popular do Nordeste, abordou temas como mitologia, sexualidade, fauna e flora.  

Francisco Brennand – Mestre dos SonhosA partir de sábado (13.01). De terça a domingo, das 10h às 21h. Até 11 de março. Gratuito.
Caixa Cultural: Avenida Almirante Barroso, 25 – Centro.

Raymond Depardon – Un moment si doux

A imagem acima faz parte da exposição do fotógrafo e cineasta Raymond Depardon, no CCBB | Divulgação

Cineasta e fotógrafo atento às transformações ocorridas na França nas últimas três décadas, Depardon tem parte do seu trabalho revisitado nesta exposição, que já passou pelas cidades francesas de Paris e Marselha. O público pode apreciar 165 fotografias coloridas, boa parte inédita, feitas entre 1950 e 2013. Além disso, uma mostra com seus filmes fica em cartaz até dia 22. Fique de olho: na quarta (17.01), o artista vai participar de uma visita guiada à exposição (às 18h) e, em seguida, de um debate após a projeção do filme “12 dias”, que começa às 19h.  Promete ser un moment si doux (ou “um momento tão doce” em bom português). Vai amargar essa?

Raymond Depardon – Un moment si doux. De quarta a segunda, das 9h às 21h. Gratuito. Mais informações sobre a mostra podem ser lidas aqui.
Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). Rua Primeiro de Março 66 – Centro.

Revelando a Urca

Um dos bairros mais charmosos do Rio, a Urca é cenário eventual de filmes e novelas. É onde também moram o Pão de Açúcar e o Roberto Carlos. A mureta margeando o mar é uma atração à parte, assim como a Praia Vermelha, redescoberta pelos cariocas. Mas há muita história por trás do cartão-postal. O passeio por suas ruas quer revelar isso aos interessados. Quem vai seguir Jhonathan da Matta? Atenção, ele é o guia.

Revelando a Urca – Histórias de um passado esquecido. Sábado (13.01), às 9h. Inscrições feitas por WhatsApp: (21) 98541-0904. Gratuito com contribuição voluntária.
Ponto de Encontro: em frente ao Instituto Benjamin Constant. Avenida Pasteur, 350/368 – Urca.

Peraí, que tem mais:

O MAR mantém a programação especial durante o mês de janeiro voltada para a família. No sábado (13.01), por exemplo, o destaque é o curso de desenho indicado para a turma entre 10 e 15 anos. A programação completa pode ser acessada aqui.
MAR que calor! Semana do Desenho
Até domingo (14.01), com horários variados. Gratuito.
Museu de Arte do Rio (MAR). Praça Mauá, 5 – Centro.

A Praça XV e o Palácio Tiradentes, no Centro do Rio, inspiram uma aula sobre Mitologia e História. A didática inclui uma visita guiada ao palácio.
Mitologia e História – Praça XV e Palácio Tiradentes. Domingo (14.01), às 10h (tolerância de 10 minutos). O passeio tem duração de 1h30. Gratuito com contribuição voluntária.
Ponto de Encontro: em frente a Estação das Barcas na Praça XV.

Data

10 de January, 2018

Share

Patrocínio

Filipe Isensee e Gustavo Cunha

Filipe nasceu em Salvador, mudou-se aos 9 anos para Belo Horizonte e, aos vinte e poucos, decidiu encarar o Rio de Janeiro. Há quatro anos conheceu Gustavo, cria da capital fluminense. Jornalistas culturais, gostam de receber amigos em casa e ir ao cinema. Cada vez mais são adeptos de programas ao ar livre - sempre que podem, incluem no passeio Chaplin, esperto vira-lata adotado há um ano.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.