De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

SP24hrs

Porque para amar São Paulo não é preciso firulas.

As boas do fim de semana no Recife: 06.07

Quem escreveu

Júlio Cavani

Data

05 de July, 2018

Share

Grande Sertão: Veredas

Caio Blat e Luiza Lemmertz enfrentam o texto de Guimarães Rosa. Foto: Roberto Pontes

Deve ser bem impactante esta versão da diretora Bia Lessa para o clássico Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa. Luiza Lemmertz, Luísa Arraes e Caio Blat estão no elenco, no meio de uma cenografia bem ousada que também é uma instalação penetrável. No imenso Teatro Guararapes, tanto o cenário quanto as arquibancadas da plateia estarão montados em cima do palco (as poltronas do auditório ficarão vazias). Quem for vai vivenciar uma experiência bem intensa criada em torno dos significados da obra original.

Grande Sertão: Veredas. Domingo (08.07) às 19h. Ingressos de R$ 50 a R$ 200.
Teatro Guararapes. Centro de Convenções, Avenida Professor Andrade Bezerra, Complexo de Salgadinho, Olinda.

Peraí que tem mais:

Espetáculo formado por diversos números rápidos ativados pelas palhaças Dona Pequena (Ana Nogueira), Maroca (Mayra Waquim), Sema Roza Madalena (Silvia Góes) e Uruba (Fabiana Pirro).
Violetas da Aurora. Domingo às 16h30. Ingressos: R$ 15 (meia) e R$ 30.
Teatro Barreto Júnior. Rua Jeremias Bastos, 121, Pina.

Dois novos cinemas são inaugurados na Região Metropolitana do Recife.
Moviemax Camará. Camará Shopping, Rua Manoel Honorato da Costa, Vila da Fábrica, Camaragibe.
Cinépolis Olinda. Shopping Patteo. Rua Eduardo de Morais, Casa Caiada, Olinda.

Última chance para ver o premiado documentário que promove uma cinematográfica jornada pelo Congresso Nacional. Será que pode ser considerado um filme de terror?
O Processo. Domingo (08.07) às 16h55. Ingressos: R$ 5 (meia) e R$ 10.
Cinema São Luiz. Rua da Aurora, 157, Boa Vista, Centro.

Depois de um tempo em manutenção, o melhor cinema de Casa Forte voltou a funcionar com sete (!) filmes em cartaz, incluindo o fodástico As Boas Maneiras.
Cinema do Museu. Aberto de terça a domingo. Ingressos de R$ 2 a R$ 14.
Museu do Homem do Nordeste. Avenida 17 de Agosto, 2187, Casa Forte.

Quem escreveu

Júlio Cavani

Data

05 de July, 2018

Share

Júlio Cavani

Durante três meses em Nova York em 2010, Júlio não trabalhou e nem estudou. dedicou todos os dias e noites da viagem a shows, exposições e cinemas. Na verdade, a vida dele é assim o ano inteiro, todos os anos, em qualquer cidade onde esteja. Quando trabalha, procura sempre algo relacionado a arte, filmes e música. Quando tem tempo livre, busca as mesmas coisas (ou ambientes com muita natureza). Também desenvolve os próprios projetos artísticos, influenciado por tudo o que vê e ouve. Ele ainda é conhecido por conseguir provar que sempre é possível encontrar coisas legais para fazer no Recife e por estar em vários lugares ao mesmo tempo.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.