De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

As boas do fim de semana em São Paulo: 22.06

Quem escreveu

Tava Passando

Data

21 de June, 2018

Share

Ombu

O trio Ombu andava longe dos palcos e mata a saudades dos seus fãs com show único nesta quinta, no Sesc Avenida Paulista. Formada no começo desta década, a banda tem o post-rock nas veias e dois trabalhos no currículo, o EP “Mulher” e o disco cheio “Pedro”, lançado em 2016. A banda circula na mesma seara que Terno Rei e o Hurtmold, trabalhando seu rock pós-moderno com textura vocais, distorções bem utilizadas e letras de caráter pessoal e com temas “adultos”. Tomara que o hiato dos shows acabe logo e que o trio volte ao estúdio para seu novo trabalho, pois já estamos ansiosos!

Ombu. Quinta (21.06) às 21h. Ingressos: De R$ 6 a R$ 20.
Sesc Avenida Paulista. Avenida Paulista, 119, Cerqueira César

Minas no Front

Banda boa com minas na formação é o que não falta no cenário musical brasileiro, mas ainda assim tá pouco e a gente quer mais! Um bom exemplo de toda essa efervescência sonora movida a estrogênio subirá ao palco do Sesc Pompeia durante todo este final de semana, quando seis bandas das mais diversas fronteiras do rock se apresentam neste importantíssimo Minas no Front. Abrindo as cortinas na quinta tem o barulho hardcore da Dominatrix e o pop atmosférico da paraense Cora. Já na sexta quem ataca com toda fúria são nossas amadas do Rakta, com abertura da iniciante e competente banda mineira Miêta. Fechando o ciclo no sábado, um belo exemplo do peso psicodélico feminino no som do incrível trio Ema Stoned e a viagem lisérgica do My Magical Glowing Lens. Sim, o futuro é feminino. Ainda bem.

Minas no Front. Quinta (21.06), sexta (22.06) e sábado (23.06) às 21h30. Ingressos: De R$ 6 a R$ 20.
Sesc Pompeia. Rua Clélia, 93, Pompeia

BaianaSystem & Francisco, el hombre

Poucas bandas são tão poderosas em cima do palco quanto o BaianaSystem. Quem já teve a oportunidade de vê-los em ação sabe que é uma porrada sônica sem descanso, misturando guitarra baiana com batidão, ragga de raiz com pop purinho e percussão digital com tambores de verdade, tudo isso com a garra de quem parece estar tocando no último show da vida. Para engrossar ainda mais o caldo, outra banda que é fantástica quando se apresenta ao vivo, a multinacional Francisco, el hombre e seu balaio de gatos musicais, onde rock, música latina e “batuk freak tropikarlos” convivem com harmonia. Corre lá pra comprar o ingresso pois combo de potências desse naipe é raro!

BaianaSystem & Francisco, El Hombre. Sexta (22.06) às 22h. Ingressos: De R$ 30 a R$ 180.
Tropical Butantã. Avenida Valdemar Ferreira, 93, Butantã

Peraí que tem mais

A cantora, compositora e percussionista Alessandra Leão encerra um ciclo com show especial.
Alessandra Leão. Quinta (21.06) às 20h. Ingressos: De R$ 10 a R$ 15. Mundo Pensante. Rua Treze de Maio, 830, Bela Vista

O trio volta à São Paulo em três noites (concorridas) na Casa do Mancha.
Dingo Bells. Quinta (21.06), sexta (22.06) e sábado (23.06) às 21h. Ingressos: R$ 30. Casa do Mancha. Rua Felipe de Alcaçova, s/n, Vila Madalena

Parte essencial do Mombojó, Felipe S. lança disco novo e convida Giovani Cidreira e Rodrigo Campos.
Felipe S. Sexta (22.06) às 20h. Ingressos: R$ 20.
FFFront. Rua Purpurina, 199, Vila Madalena

Tido como um dos rappers brasileiros mais importantes da cena, Don L faz noite única no Sesc.
Don L. Sexta (22.06) às 21h. Ingressos: De R$ 12 a R$ 40.
Sesc Pinheiros. Rua Paes Leme, 195, Pinheiros

A Ladies First é formado por Marcelle Barreto e Natalia Mallo e Diego Moraes é um dos Não Recomendados.
Ladies First e Diego Moraes. Sexta (22.06) às 22h. Ingressos: R$ 30.
JazznosFundos. Rua Cardeal Arcoverde, 742, Pinheiros

Uma pá de banda legais, exposições, discotecagens e beijo na boca!
Matinê na LAJE. Sábado (23.06) a partir das 16h. Ingressos: De R$ 12 a R$ 18. LAJE. Rua João Ramalho, 1494, Perdizes

A banda de rap orgânico acaba de lançar disco novo, bastante elogiado.
Medulla. Sábado (23.06) às 17h. Ingressos: De R$ 20 a R$ 40.
Fabrique Club. Rua Barra Funda, 1075, Barra Funda

Um timaço formado por Xênia França, Tiê e Negro Leo dão um gostinho do que vem por aí.
Brasil Summerfest. Sábado (23.06) às 20h. Ingressos: De R$ 25 a R$ 50. Casa Natura Musical. Rua Artur de Azevedo, 2134, Pinheiros

A banda que transpira Frank Zappa por todos os lados toca só neste sábado no Sesc Belenzinho.
The Central Scrutinizer Band. Sábado (23.06) às 21h. Ingressos: De R$ 6 a R$ 20.
Sesc Belenzinho. Rua Padre Adelino, 1000, Belenzinho

Samuca e sua banda fazem uma homenagem justíssima aos grandes mestres da música nordestina.
Samuca e a Selva. Sábado (23.06) às 23h. Ingressos: De R$ 20 a R$ 40. Mundo Pensante. Rua Treze de Maio, 830, Bela Vista

Quem escreveu

Tava Passando

Data

21 de June, 2018

Share

Tava Passando

Tavapassando e cliquei. Danilo Cabral e Flavia Lacerda registram seu dia a dia e todos os lugares por onde estão passando, em um mini-guia de shows, restaurantes, ruas e pixos no Instagram.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.