Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

SXSW

Cobertura pré e pós do SXSW 2020 com as melhores dicas: quais são as palestras, ativações, shows e festas imperdíveis no festival.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

Os 44 Melhores da 44ª Mostra Internacional de Cinema

Quem escreveu

Fabio Allves

Data

26 de October, 2020

Share

Começou a 44ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, com um ano atípico para a cultura brasileira: cinemas fechados por conta da pandemia e o legado protegido pela Cinemateca Brasileira sendo atacada pelo atual governo. Em resposta ao momento, teremos uma edição “completamente” online, segundo a diretora da mostra, Renata de Almeida, com algumas exceções para exibições em dois cinemas drive-in em São Paulo.

44a Mostra de Cinema de São Paulo
cartaz assinado pelo diretor chinês Jia Zhangke

A partir desse ano começa um novo marco, porque todos os brasileiros em território nacional terão acesso ao catálogo de 198 filmes que a Mostra traz nessa edição. Basta acessar o site da mostra escolher seu filme e alugar por R$6,00 o título da sua preferência. Além disso, mais de 30 filmes estarão gratuitos pelas plataformas do Sesc Digital e da SPCine (Looke).

Todo ano a organização do maior festival da América Latina homenageia alguns diretores, atores e profissionais do audiovisual. Nesse ano, o Prêmio Leon Cakoff será para a produtora Sara Silveira (Todos Os Mortos),  e o Prêmio Humanidade será para o diretor Fredeick Wiseman (City Hall), pela contribuição ao cinema documental e para os funcionários da Cinemateca Brasileira por todo o trabalho de conservação, luta e resistência sempre. Finalizando, a ‘Homenagem ao Olhar’ será sobre o diretor brasileiro Fernando Coni Campos, que ganha uma mini retrospectiva na programação.

E como não podíamos ficar de fora dessa, selecionamos os 44 títulos de destaque dessa edição. Espero que aproveitem!

Novos Olhares

Beans

Primeiro filme da diretora canadense Tracey Deer, estreou no Festival de Toronto de 2020 e ganhou o prêmio Estrelas em Ascenção do Festival.
Sinopse: Baseado em eventos reais, o filme narra o impasse conhecido como Crise Oka, onde durante 78 dias no Québec duas comunidades Mohawk resistiram contra forças policiais, contra a expansão de um campo de golfe em uma floresta e num cemitério indígena, e chamou a atenção de todo o país. Pelo olhar de Beans, uma estudante brilhante e promissora, de 12 anos, tenta encontrar seu lugar na comunidade, mas enfrenta muitos desafios e o racismo.

Mãe de Aluguel (The Surrogate)

Filme exibido no SXSW 2020 do diretor estreante Jeremy Hersh.
Sinopse: Jess Harris trabalha em uma organização sem fins lucrativos no Brooklyn, ela está em êxtase por ser a barriga de aluguel e doadora de óvulos de seu melhor amigo, Josh, e o marido dele, Aaron.
Após 12 semanas de gravidez, um teste pré-natal retorna com resultados inesperados que representam um dilema moral e coloca o relacionamento do trio à prova.

Poppie Nongena

Cena do filme 'Poppie Nongena', que estará em exibição na 44a Mostra de Cinema de São Paulo

Filme baseado no romance de Elsa Joubert “The Long Journey of Poppie Nongena”, que é considerado um dos melhores romances africanos do século 20. Dirigido por Christiaan Olwagen e premiado em diversos festivais na África.
Sinopse: Em um período de imensa agitação na África do Sul, Poppie Nongena é uma mulher preta sul-africana cuja vida gira em torno do seu bem-estar e a educação dos filhos, e o emprego em uma casa de família de brancos. Ela se envolve em uma luta desesperada, vivendo em áreas remotas designadas como “pátrias negras”, considerada pela lei como uma residente ilegal em seu próprio país.

O Nome Encravado em seu Coração (Ke Zai Ni Xin Di De Ming Zi)


Filme baseado numa história real e dirigido por Kuang-Hui Liu.
Sinopse: Em 1988, quando a lei marcial chega ao fim em Taiwan, o filme mostra a luta pelo amor verdadeiro e as mudanças emblemáticas em Taiwan, o primeiro país asiático a legalizar o casamento gay.

Nem Herói Nem Traidor (Ni Héroe Ni Traidor)]

Filme de Nicolás Savignone, teve sua estreia no Festival de San Sebastián 2020.
Sinopse: O filme se passa em Buenos Aires (1982), e acompanha Matías, um jovem de 19 anos que acabou de concluir o serviço militar e agora sonha em estudar música na Espanha. Porém, tudo muda quando a Guerra das Malvinas eclode.

Stardust

O filme Stardust é uma cinebiografia do David Bowie, e estará na 44a mostra de cinema de São Paulo

Dirigido por Gabriel Range, essa é uma das cinebiografias de um dos cantores mais famosos do mundo, David Bowie. Exibido no Festival de Tribeca. Sinopse: Um jovem de 24 anos viaja até os Estados Unidos para promover seu mais novo disco ‘The Man who Sold the World’, deixando para trás sua esposa grávida Angie. Ele e sua banda embarcam em uma turnê improvisada de costa a costa no país, e é a partir desse momento que surge seu icônico alter ego celestial Ziggy Stardust.

Equinocio (Tagundnachtgleiche)

O filme 'Equinócio' de Lena Knaus está na 44a Mostra de Cinema de São Paulo

O filme de estreia da diretora alemã Lena Knaus ganhou o Prêmio no Festival de Cinema de Max Ophüls 2020.
Sinopse: Alexander tem 30 anos e nunca se apaixonou ou nunca conseguiu se apaixonar. Ele, então, vê em Paula, uma atriz de teatro, a possibilidade de compartilhar um futuro com alguém.

Exílio

Filme de Visar Morina, foi exibido em Sundance, Berlin e ganhou prêmios em festivais de crítica em Taipei, Heart of Sarajevo e melhor roteiro no German Screenplay Award.
Sinopse: Xhafer é um engenheiro farmacêutico de 45 anos nascido no Kosovo e que vive na Alemanha. De repente, ele passa a sentir-se discriminado e intimidado no trabalho devido à sua origem étnica.

Calazar (Kala Azar)

'Calazar' é um dos filmes selecionados para a 44a Mostra de Cinema de São Paulo

Filme da diretora estreante Janis Rafa, vencedor do Prêmio KNF do Festival de Roterdã e Prêmio Jovem do Hong Kong International Film Festival 2020.
Sinopse: Nas margens de uma cidade, um jovem casal começa o dia de sua rotina de trabalho recolhendo animais de estimação falecidos para cremá-los e devolver suas cinzas aos donos. Nesse ciclo de vida sem fim, seres humanos e animais coexistem de forma harmoniosa, até que o próprio casal se vê envolvido em um acidente.

Dezesseis Primaveras (Seize printemps)

Filme atuado e dirigido por Suzanne Lindon, fez parte da seleção oficial do Festival de Cannes, foi exibido nos festivais de San Sebastián e de Toronto.
Sinopse: Suzanne tem 16 anos e pessoas de sua idade a deixam entediada. Ela tem medo de estar perdendo aquele momento na vida de uma garota de 16 anos, que ela tanto lutou para aproveitar da mesma forma que seus colegas, com um romance mais adulto.

Casulo (Kokon)

'Casulo' é um dos filmes selecionados para a 44a Mostra de Cinema de São Paulo

Segundo filme de Leonie Krippendorff, foi exibido no Festival de Berlim e Guadalajara deste ano.
Sinopse: Nora é uma garota de 14 anos que tenta se encaixar na turma da irmã mais velha diante de um momento de mudanças extremas em sua vida.

Sem Ressentimentos (Futur Drei)

Faraz Shariat traz seu filme premiado de estreia, que levou o Teddy, prêmio LGBTQIA+ do Festival de Berlim 2020, Grande Prêmio Juri do L.A. Outfest e prêmio de direção no Molodist International Film Festival.
Sinopse: Parvis comente um delito e é condenado a fazer trabalhos comunitários em um centro de refugiados na Saxônia (Alemanha) e lá conhece Amon, que fugiu do Irã com a irmã, Banafshe. Os três juntos curtem um verão com noites sem fim, primeiros amores, e com a visão sensível do diretor sobre imigrantes em terras alemãs.

Conhecidos nos Festivais

Mães de Verdade (Asa ga Kuru)


Novo filme de Naomi Kawase traz o panorama de duas mães em uma sociedade japonesa de diversas diferenças culturais e privilégios econômicos. Exibido nos festivais de Toronto, Chicago International Film Festival e San Sebastián 2020.
Sinopse: Após um longo e frustrado esforço para engravidar, e convencidos pelo discurso de uma associação de adoção, Satoko e o marido decidem adotar um menininho. Alguns anos depois, a paternidade do casal é abalada por uma garota desconhecida e ameaçadora, Hikari.

Não Há Mal Algum (Sheytan vojud nadarad)

Filme Vencedor do Urso de Ouro e do Prêmio do Júri Ecumênico no Festival de Berlim, prêmio de júri do Crested Butte Film Festival, e melhor roteiro no Heartland International Film Festival, dirigido por Mohammad Rasoulof.
Sinopse: Todo país que aplica a pena de morte precisa de pessoas para serem os executores. No Irã, quatro homens são colocados diante de uma escolha impensável mas, ao mesmo tempo, simples. Não importa a decisão que eles tomem, ela irá transformar de maneira corrosiva, direta ou indiretamente, eles mesmos, seus relacionamentos e a vida de cada um.

Nova Ordem (Nueva Orden)

'Nova Ordem' é um dos mais polêmicos filmes na seleção da Mostra de Cinema de São Paulo este ano.

Um dos filmes mais polêmicos dessa seleção, dirigido por Michel Franco. Vencedor do Leão de Prata e do Leoncino d’Oro Agiscuola do Festival de Veneza e foi exibido nos festivais de San Sebastián e de Toronto 2020. Sinopse: Cidade do México em dois pontos de vistas opostos. No lado pobre, protestos de uma população por justiça. No bairro chique, um casamento luxuoso da elite mexicana. Uma epopeia de violência, colapso de um sistema político social ou apenas uma nova ordem de estado.

Escondida (Hidden)

'Escondida' é um filme iraniano selecionado para a Mostra de Cinema de São Paulo.

O curta-metragem do diretor Jafar Panahi que integra o longa metragem “Celles qui Chantent”. Vencedor do grande prêmio de Vila do Conde International Short Film Festival 2020.
Sinopse: O diretor viaja em busca de uma jovem com uma voz encantadora que foi proibida de cantar pelas autoridades iranianas.

Pai (Otac)

Filme de Srdan Golubović premiado como melhor filme internacional no Calgary Festival 2020, Prêmio de júri no FEDEORA FEST 2020 e Vencedor dos prêmios do Júri Ecumênico e do Público da seção Panorama do Festival de Berlim 2020.
Sinopse: Em uma pequena cidade na Sérvia, Nikola vive como trabalhador temporário e pai de dois filhos. Depois de se ver obrigado a entregar as crianças aos serviços sociais depois que a pobreza e a fome levam sua esposa a cometer um ato desesperado, ele decide ir a pé até Belgrado.

Shirley

Dirigido por Josephine Decker, filme baseado no livro de ficção “Not A Biography” de Shirley Jackson. Foi exibido no Festival de Berlim e vencedor do Prêmio Especial do Júri da seção U.S. Dramatic do Festival de Sundance.
Sinopse: Uma famosa escritora de horror encontra inspiração para seu próximo livro depois de ela e seu marido abrigarem um jovem casal.

Crianças do Sol (Khorshid)


O filme de Majid Majidi recebeu o prêmio de melhor jovem ator para Rouhollah Zamani no Festival de Veneza 2020 e melhor filme e roteiro no Fajr Film Festival.
Sinopse: Ali e seus três amigos trabalham duro para sobreviver e sustentar suas famílias. Em uma reviravolta que parece milagrosa, Ali é encarregado de encontrar um tesouro escondido.

Sibéria

O diretor Abel Ferrara repete sua parceria com o ator Willem Dafoe (Pasolini 2014 e Tommaso 2019). Juntos exploram a intimidade e as aflições do homem. Exibido no Festival de Berlim 2020.
Sinopse: Clint, um homem atormentado pelo passado, decide se isolar em uma casa nas montanhas. Nesse ambiente frio e hostil, ele vive sozinho com alguns raros momentos de interação com viajantes e nativos que não falam seu idioma e que visitam sua cafeteria.

Araña


O filme indicado ao Oscar 2021 pelo Chile na direção de Andrés Wood e participação do ator brasileiro Caio Blat. Exibido nos festivais de San Sebastián e Toronto 2020.
Sinopse: Três amigos fazem parte de um grupo de oposição no caótico Chile do início dos anos 70 e, juntos, cometem um crime que muda a história do país e que, por consequência, os envolve em uma traição que os separa para sempre.

Suor (Sweat)


Filme que fez parte da seleção oficial do Festival de Cannes 2020, dirigido por Magnus Von Horn.
Sinopse: Durante três dias acompanhamos a rotina de Sylwia, uma digital influencer com milhares de seguidores, ávidos por suas dicas sobre exercícios físicos e um estilo de vida fitness. Apesar de tantos admiradores, conhecidos e funcionários fiéis, ela procura uma relação de intimidade verdadeira e que tenha algum significado além da solidão.

O Charlatão (Charlatan)

Recente filme de Agnieszka Holland, que foi exibido no Festival de Berlim 2020.
Sinopse: Inspirado na história do herborista Jan Mikolasek na Tchecoslováquia (antes da Segunda Guerra Mundial) que ganhou fama e fortuna usando métodos de tratamento pouco ortodoxos para curar uma ampla gama de doenças, mas que teve dificuldades para manter seu status quando as coisas mudaram.

Entre Mortes (Sepelenmis Ölümler Arasinda)


Filme do diretor Hilal Baydarov que concorreu ao Leão de Ouro no Festival de Veneza 2020.
Sinopse: Davud é um jovem incompreendido e inquieto em busca de sua “verdadeira” família, aqueles que ele tem certeza de que trarão significado e amor para sua vida.

Filmes Brasileiros Imperdíveis

Casa de Antiguidades

'Casa de Antiguidades' é um dos filmes nacionais na seleção da Mostra de Cinema de São Paulo.

Um dos filmes brasileiros mais comentados do ano, é dos filmes cotados a vaga de filme brasileiro ao Oscar 2020 na categoria Filme Internacional, além de integrar a seleção oficial do Festival de Cannes e foi exibido nos festivais de San Sebastián e de Toronto 2020. Dirigido por João Paulo Miranda Maria. Sinopse: O filme retrata Cristovam, um homem negro do norte que se muda para uma antiga colônia austríaca no sul do país para trabalhar em uma fábrica de leite.

Nheengatu

Dirigido por José Barahona é um documentário sobre uma viagem à Amazônia.
Sinopse: O documentário explora o idioma Nheengatu, imposto aos índios nativos pelos colonizadores portugueses no século 15. Por meio dessa língua misturada, ainda falada por algumas tribos, o filme mostra o encontro de dois mundos e suas diferentes questões culturais, históricas e sociais.

Verlust

Novo filme do diretor Esmir Filho da série ‘Boca a Boca’ e ‘Alguma Coisa Assim’.
Sinopse: Em 2020, membros da elite intelectual do Brasil decidem se mudar para uma praia distante. Como símbolo da estrutura degenerativa política e social do país, uma gigantesca criatura marinha chega à praia e se transforma em catalisadora de conflitos.

Curral

Filme de Marcelo Brennand traz o jogo estabelecido na política brasileira que nunca é uma alternativa fácil.
Sinopse: A população de uma pequena cidade brasileira é dividida entre os partidos Azul e Vermelho durante as eleições para prefeito. Esses partidos representam oligarquias políticas que sempre lutam pelo poder. Devido a uma forte seca, a água é a principal moeda de troca para obter os votos da população.

Candango: Memórias do Festival

Documentário de Lino Meirelles sobre a resistência da cultura em época de ditadura.
Sinopse: Em 1965, um ano após o início da ditadura militar brasileira, um oásis de liberdade foi inaugurado na capital do país: o Festival de Cinema de Brasília, marco da resistência cultural e política. O filme conta a trajetória do evento a partir de relatos das pessoas que construíram a história do festival, entre elas a cineasta e atriz Helena Ignez, o diretor Ruy Guerra, o ator Rodrigo Santoro e o crítico Rubens Ewald Filho e propõe o resgate da memória do que se passou em mais de 50 anos de celebração do cinema brasileiro pelas lembranças de mais de 50 entrevistados.

La Planta


Beto Brant traz o documentário investigação sobre a maconha no Uruguai.
Sinopse: A equipe de La Planta viaja até o Uruguai, primeiro país na América Latina a legalizar a cannabis, para conhecer importantes personagens que, por meio de suas experiências, nos contam a trajetória dessa planta, reúne diferentes perspectivas a partir de depoimentos de cultivadores, produtores artesanais, empreendedores de todas as escalas, além de pacientes, médicos, biólogos, químicos e associações.

Valentina

Filme de Cássio Pereira dos Santos, premiado com a Melhor Interpretação para Thiessa Woinbackk no OutFest Los Angeles.
Sinopse: Valentina (Thiessa) é uma menina trans de 17 anos de idade que se muda para uma pequena cidade. Com receio de ser intimidada na nova escola, a garota busca mais privacidade e tenta se matricular com seu novo nome. No entanto ela e a mãe começam a enfrentar dilemas por conta de uma assinatura do pai ausente para realizar a matrícula.

Um dia com Jerusa

Filme estreia de ficção de Viviane Ferreira que fez parte da seleção oficial do Festival de Tiradentes 2020.
Sinopse: A sensitiva Silvia, uma jovem pesquisadora de mercado, enfrenta as agruras do subemprego enquanto aguarda o resultado de um concurso público. Ao mesmo tempo, a graciosa Jerusa, uma senhora de 77 anos, é testemunha ocular do cotidiano vivido no bairro do Bixiga, recheado de memórias ancestrais. No dia do aniversário de Jerusa, enquanto ela espera a família para comemorar, o encontro entre suas memórias e a mediunidade de Silvia lhes proporciona transitar por tempos e realidades comuns às suas ancestralidades.

Cracolândia

Edu Felistoque traz um documentário mais que necessário para discutir um dos problemas de saúde em São Paulo.
Sinopse: O filme abre um debate a respeito da maior e mais impactante cena de uso de crack em área aberta do mundo: a Cracolândia, em São Paulo. A obra analisa as causas desse mal e suas progressões, além das táticas de combate já realizadas na capital paulista, abrindo um paralelo com as estratégias usadas em outros países.

Ladrões de Cinema (1977)

Um clássico filme de Fernando Coni Campos, parte da homenagem da Mostra desse ano.
Sinopse: Durante o Carnaval, no Rio de Janeiro, uma equipe de cineastas norte-americanos têm seu material de filmagem roubado no bloco que eles estavam documentando. Os ladrões, do morro do Pavãozinho, resolvem eles mesmos fazer um filme, tendo a Inconfidência Mineira como tema. A população da comunidade adere à ideia com o mesmo espírito da preparação de uma escola de samba, com exceção de Silvério, que preferia vender o equipamento e dividir o dinheiro. A obra é realizada, mas a polícia recupera o material e prende os larápios. Os americanos, então, levam o filme para os Estados Unidos, lançando-o com o título Sweet Thieves, com sucesso de público e crítica.

Documentários 

Welcome to Chechnya

O segundo filme de David France, de A Morte e Vida de Marsha P. Johnson (The Death and Life of Marsha P. Johnson), dessa vez sobre a situação na Chechênia. Exibido e premiado nos festivais de Berlim, Sundance e Hot Docs. Sinopse: O documentário nos leva para dentro do trabalho de um grupo clandestino de ativistas que enfrentam enormes riscos para resgatar vítimas LGBTQ da brutal campanha governamental da Chechênia. A república, que faz parte da federação russa, é um local onde a comunidade LGBTQ vive sob medo, ameaça de detenção, tortura e morte, ações que, na maioria das vezes, são cometidas pelas mãos das próprias autoridades.

Notturno

Filme dirigido por Gianfranco Rosi e vencedor dos prêmios Arca Cinema Giovani, Sorriso Diverso Venezia e Unicef do Festival de Veneza.
Sinopse: Filmado ao longo de três anos no Oriente Médio, nas fronteiras entre Iraque, Curdistão, Síria e Líbano, o documentário mostra a rotina por trás das contínuas guerras civis, ditaduras ferozes, invasões e interferências estrangeiras até o rastro de assassinatos deixado pelo Estado Islâmico.

City Hall

Um documentário clássico sobre o governo da cidade de Boston dirigido por Frederick Wiseman, vencedor do Fair Play Cinema Award no Festival de Veneza 2020.
Sinopse: O documentário mostra os esforços do governo da cidade de Boston para fornecer serviços como polícia, bombeiros, saneamento, cuidados para idosos e tantos outros, além de revelar as variadas formas pelas quais a administração municipal faz parte do discurso e imaginário da população local.

Coronation

Novo filme do diretor Ai Weiwei sobre Corona Vírus na China.
Sinopse: Coronation examina o controle político do Estado chinês do primeiro ao último dia do lockdown em Wuhan. O filme registra a resposta militarizada e brutalmente eficiente do governo para controlar o vírus, os amplos hospitais de campanha que foram erguidos em questão de dias, os 40 mil médicos e enfermeiros que foram trazidos de ônibus de toda a China, além dos moradores locais, que foram trancados em casa.

Kubrick por Kubrick

Documentário sobre o legado de Stanley Kubrick, um dos cineastas cineastas mais emblemáticos de todos os tempos. Dirigido por Grégory Monro. Exibido no Festival de Tribeca.
Sinopse: Sua obra e seus filmes são estudados por admiradores e cineastas, todos em busca de respostas que o diretor foi notoriamente reticente em dar. Embora ele esteja entre os cineastas mais importantes da história, a chance de ouvir as próprias palavras de Kubrick era algo muito raro. Por meio de Michel Ciment, crítico de cinema e especialista em Stanley Kubrick, temos acesso a uma série de entrevistas feitas com o realizador durante cerca de 30 anos. Juntamente com arquivos cedidos pela família de Kubrick.

Vida na Estrada (Life on the Road)

Quatro curtas-metragens que formam o documentário, A Vida na Estrada, de Sidra Rezwan, Salva Soleiman Sedo, Ekhlas Heydar Samubud e Adnan Faroq.
Sinopse: Em 2015, o produtor Bahman Ghobadi e alguns colegas ensinaram crianças em um campo de refugiados no Iraque a filmar. Depois das aulas, garotos e garotas gravaram seus próprios filmes, baseados na rotina de cada um. Os vídeos deram origem ao longa documental A Vida na Fronteira, que estreou no Festival de Berlim em 2016 e foi apresentado na 40a Mostra. Agora, quatro desses cineastas mirins retornam às suas cidades natais, na Síria, já livres do Estado Islâmico.

A Terra É Azul como uma Laranja (Zemlya Blakytna, Hiby Apelcyn)

O documentário 'A Terra é Azul como uma Laranja' está na seleção de filmes da 44a Mostra de Cinema de São Paulo

Documentário sobre um família cercada pela guerra. Dirigido por Iryna Tsilyk e foi exibido nos festivais de Sundance, de Berlim e no Hot Docs.
Sinopse: Anna é uma mãe solo que vive com os quatro filhos na zona de guerra de Donbass, na Ucrânia. Enquanto o mundo externo é feito de bombas e de caos, eles tentam manter sua casa como uma espécie de porto seguro. Apaixonados por cinema, os membros dessa família decidem fazer um filme inspirado em suas próprias experiências de vida em tempos de guerra. O processo criativo levanta questões sobre como imaginar a guerra por meio da ficção. Para Anna e as crianças, transformar o trauma em linguagem e criação artística é a melhor maneira para manter sua condição humana.

Animações 

Mate-o e Deixe esta Cidade (Zabij To I Wyjedz Z Tego Miasta)

Filme de Mariusz Wilczyński foi o vencedor do Prêmio Especial do Júri do Festival de Annecy 2020 e foi exibido no Festival de Berlim 2020.
Sinopse: Para fugir do desespero após perder as pessoas mais importantes da sua vida, o protagonista desta animação se esconde em um refúgio de memórias, onde todos aqueles que lhe são queridos ainda estão vivos.

Josep

A animação Josep faz parte da seleção de filmes da Mostra de Cinema de São Paulo

Filme sobre Josep Bartoli (1910-1995), famoso ilustrador que lutou contra o regime ditatorial espanhol e ficou num campo de concentração na França. Fez parte da seleção oficial do Festival de Cannes 2020 e foi exibido no Festival de Annecy 2020.
Sinopse: Em fevereiro de 1939, os espanhóis republicanos estão fugindo da ditadura de Franco rumo à França. O governo francês construiu um campo de concentração, confinando os refugiados, onde eles mal têm acesso a água, alimentos ou qualquer possibilidade de higiene. Em um desses campos, separados por arame farpado, dois homens se tornarão amigos.

O Nariz ou a conspiração dos Dissidentes (Nos Ili Zagovor Netakikh)

O Filme de Andrey Khrzhanovsky faz parte da 44a Mostra de Cinema de São Paulo

Filme de Andrey Khrzhanovsky foi o vencedor do Prêmio Especial do Júri no Festival de Cinema de Animação de Annecy e também foi exibido no Festival de Roterdã.
Sinopse: Nessa mistura de animação e ópera, acompanhamos o século 20 na Rússia e o reinado de terror de Josef Stalin por meio de fragmentos inspirados no clássico O Nariz, escrito por Nikolai Gógol em 1836. Com trilha da obra homônima da década de 1920 do compositor Dmitri Shostakovitch, a narrativa combina cenários históricos, biografias de importantes personagens da época e obras-primas de artistas, compositores e escritores russos de vanguarda que viveram durante esse período de totalitarismo.

Como ver os filmes da Mostra de Cinema

  • Para ver os filmes da seleção da 44ª Mostra de Cinema de São Paulo, o espectador deve entrar no site www.mostra.org;
  • No site ele encontra as plataformas Mostra Play, Sesc Digital e Spcine Play onde poderá realizar o seu cadastro.
  • Os ingressos só podem ser adquiridos a partir da 00:01 do dia 22 e os filmes visualizados a partir das 20h dessa mesma data, abertura do evento.
  • Após a aquisição dos ingressos, o espectador cria sua biblioteca e terá três dias para assistir aos títulos escolhidos e 24 horas a partir do acesso a cada um.

OBSERVAÇÕES 

(1) Alguns títulos só estarão disponíveis por 24 horas, caso do longa de abertura, Nova Ordem. Outros só entrarão na plataforma na segunda semana do evento, a pedido dos respectivos produtores.
(2) Os filmes da seleção só poderão ser vistos até as 23:59 do dia 04.

BELAS ARTES DRIVE-IN Memorial da América Latina

Entrada pela Rua Tagipuru s/no. – Portão 2. Valores de Ingresso: R$60,00 para carro com até 4 pessoas Capacidade: 100 carros Horários e Classificação indicativa: consulte a programação. Valores de Ingresso: R$65,00 para carro com até 4 pessoas

CINESESC DRIVE-IN | Sesc Parque Dom Pedro II

Unidade Sesc Parque Dom Pedro II – Praça São Vito s/n | Centro Valores de Ingresso: R$40,00 para carro com até 4 pessoas Capacidade: 30 carros Horários e Classificação indicativa: consulte a programação.

*Foto de capa: Cinemateca Brasileira de Cinema e Artes em São Paulo (divulgação)

Quem escreveu

Fabio Allves

Data

26 de October, 2020

Share

Fabio Allves

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.