Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

Nublu Festival traz para São Paulo John Cale, Femi Kuti e yasiin bey

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

12 de February, 2020

Share

O Nublu Festival tirou o jazz de seu nome, mas mantém sua essência visionária reunindo em cada edição artistas de todos os cantos do mundo. O festival, criado pelo clube e selo Nublu, de Nova York, chega consolidado em seus 10 anos de existência. Apesar de sua raiz no “jazz”, o festival é um caldeirão sonoro acolhendo artistas dos mais diversos estilos.

Para essa edição comemorativa, o Nublu Festival traz três ícones para os Sesc Pompeia e São José dos Campos: Femi Kuti (afrobeat), John Cale (rock) e yasiin bey (aka Mos Def).

Em São Paulo serão 4 datas, de 12 a 15 de março com cada noite dedicada a um estilo. A noite avant-gard e indie terá John Cale no comando. O artista, ativo há 50 anos na cena musical e um dos fundadores do Velvet Underground, retorna à São Paulo depois de 21 anos. Na mesma noite, Juçara Marçal usa sua versatilidade para homenagear a artista Brigitte Fontaine.

O dia dedicado ao hip hop tem Negra Li, a rainha do rap brasileiro, e Otis Trio com seu jazz autoral abrindo a noite para o yasiin bey, um dos maiores representantes do hip hop nas últimas décadas.

O festival mantém seu recorte da diáspora africana com a noite dedicada ao afrobeat conectando Bahia e Nigéria. Se apresentam a banda instrumental IFÁ, de Salvador, que traz o Brasil afro contemporâneo e Femi Kuti e sua grande banda The Positive Force.

O encerramento se dá com a Nublu Jams, projeto criado pelo saxofonista Ilhan Ersahin, fundador do selo/clube/festival. Junto com ele vão se apresentar diversos músicos que transitam em diferentes cenas da música brasileira – jazz, experimental, afro e funk, além da banda paulistana GoatFace! – capitaneada por Guilherme Granado.

Os ingressos serão vendidos online a partir de 3 de março e nas bilheterias do Sesc de 4 de março em diante. Corra porque esse promete se esgotar rapidamente.

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

12 de February, 2020

Share

Lalai Persson

Lalai prometeu aos 15 anos que aos 40 faria sua sonhada viagem à Europa. Aos 24 conseguiu adiantar tal sonho em 16 anos. Desde então pisou 33 vezes em Paris e não pára de contar. Não é uma exímia planejadora de viagens. Gosta mesmo é de anotar o que é imperdível, a partir daí, prefere se perder nas ruas por onde passa e tirar dicas de locais. Hoje coleciona boas histórias, perrengues e cotonetes.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.