De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

Guia: os melhores eventos gratuitos de São Paulo de 9 a 14.04

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

09 de April, 2019

Share

Apresentado por

A semana chega chuvosa e fria em São Paulo, mas a previsão é que ela melhore a partir de quinta-feira, mas tempo feio não é desculpa pra ficar em casa. A programação continua intensa como a gente gosta. Tem festa de brasilidades, house, techno, samba e hip-hop. É só escolher que pista você quer dançar!

A agenda de shows traz destaques como a cantora Tiê (imperdível sempre), a Linn da Quebrada, o FingerFingerrr e até um festival de harpa. O cinema traz alguns dos melhores filmes exibidos em 2018, no Festival Sesc Melhores Filmes, além de um especial da série Além da Imaginação.

Quem busca por inspiração pode colar em qualquer bate-papo e palestras que rolam nos 4 cantos da cidade. Tem conversa sobre hip-hop, psicodrama, literatura, racismo, questões de gênero e até encontro para praticar outros idiomas.

Ah, e não deixa de aproveitar a terça-feira pra ver a belíssima exposição da Tarsila do Amaral, no MASP. Está imperdível!

Sai do sofá e vem com a gente!

Festas

TodoDomingo na Casa das Caldeiras. Foto: Nego Júnior
TodoDomingo na Casa das Caldeiras. Foto: Nego Júnior

Festa de brasilidades que promove encontro das décadas de 60, 70, 80, 90 e 2000. Baile comandado pelos DJs Nuts e Davis Carneiro.
Esquema. Quinta-feira (11.04), das 23 às 4h. Gratuito somente até a 0h.
Mundo Pensante. Rua Treze de Maio, 830, Bela Vista.

Festa 100% vinil passando por vários estilos musicais num dos rooftops mais concorridos de São Paulo.
Puro Sulco. Sexta-feira (12.04), das 18 às 22h. Gratuito somente até às 19h.
Tokyo. Rua Major Sertório, 110, República.

A noite começa com música clássica num concerto ao vivo com o Esemble FTM, mas depois segue com a Festa Mel agitando a pistinha.
Sextou na Praça. Sexta-feira (12.04), das 18h30 às 23h. Gratuito.
Praça das Artes. Av. São João, 281, Anhangabaú.

Festa que abraça os mais variados estilos com a intenção de fazer todo mundo remexer o quadril.
Granado & Nicolas (Chaka Hotnightz). Sexta-feira (12.04), das 18 às 23h. Gratuito.
Void Centro. Rua Dom José de Barros, 297, Centro.

Para passar a tarde dançando house music. Se quiser entrar no mood, arrasa na roupa de lycra.
Caldo Laycra. Sábado (13.04), a partir das 15h. Gratuito (a edição rua, depois a festa segue pra after pago).
Local a confirmar na página do evento.

Festa na rua com hip-hop, grime, R&B, rap, bass music e trap.
Dettona. Sábado (13.04), das 18 às 22h. Gratuito.
Cartel 011. Rua Artur de Azevedo, 517, Pinheiros.

Pop, techno, brega, reggaeton e downtempo são algumas das sonoridades que chacoalham a pista. A Tesãozinho sai da rua e faz uma festa no Alberta com direito a happy hour.
Tesãozinho Inicial. Sábado (13.04), das 18 às 5h. Gratuito até às 22h.
Alberta 3. Av. São Luiz, 272, Centro.

O Samba Rock Plural ocupa a Casa das Caldeiras no próximo domingo com diversas atrações: shows, intervenções poéticas, grafite ao vivo, oficinas e, claro, festa.
Tododomingo Musical em SP apresenta: Samba Rock Plural. Domingo (14.04), das 15 às 23h. Gratuito.
Casa das Caldeiras. Av. Francisco Matarazzo, 2000, Água Branca

Pra encerrar o fim de semana num baile regado a techno, deep house e tech house.
Pesada Eclipse. Domingo (14.04), das 16 às 22h. Gratuito.
Paribar. Praça Dom José Gaspar, 42, República.

Shows

Tiê faz show gratuito no Sesc Pompeia. Foto: divulgação
Tiê faz show gratuito no Sesc Pompeia. Foto: divulgação

Para sair do lugar comum, um festival com harpistas brasileiros e estrangeiros de renome. No repertório de música antiga até o rock, passando por músicas japonesas e trilhas sonoras.
Festival Internacional de Harpas – Harpfestival. Quarta (10.04), quinta (11.04) e sexta-feira (12.04), shows às 13 e às 18h. Gratuito.
CCBB SP. Rua Álvares Penteado, 112, Centro.

O rapper baiano Nouve faz show em São Paulo com participação especial do Fióti. Sua música mistura estilos como rap com dub, samba reggae e zouk.
Nouve com participação especial Fióti. Quinta-feira (11.04), das 20h30 às 21h30. Gratuito.
CCJ. Av. Deputado Emílio Carlos, 3641, Vila Nova Cachoeirinha.

O Festival Feminino promove o Feminino “Encontros”, edição paralela ao festival, apresentando 4 shows entre abril e maio. Além dos shows, rolam também roda de conversa.
Festival Feminino, Edição Encontros. Dias 12 e 14.04 (CCNJ), 03 e 04 de maio (Cine Olido). Shows às 19h e roda de conversa às 17h. Gratuito.
Sexta-feira (12.04), show Fabiana Cozza (Canto da noite na boca do vento), às 19h. Roda de conversa: Combate ao Racismo – uma luta coletiva, às 17h.
Sábado (13.04), show da Linn da Quebrada (Trava Língua), às 19h. Roda de conversa: Universo Trans – luta por identidade e reconhecimento, às 17h.
CCNJ – Centro de Culturas Negras do Jabaquara. Rua Arsênio Tavolieri, 45, Jabaquara.

A cantora e compositora Tiê entra na fase final da turnê de seu último álbum “Gaya”, lançado em outubro de 2017. Está previsto lançamento do quinto álbum ainda em 2019, então aproveita pra vê-la cantar ao vivo “Mexeu Comigo”, “Amuleto” e “A Noite”, entre outras canções.
Tiê. Sábado (13.04), às 16h. Gratuito.
Sesc Pompeia – Deck. Rua Clelia, 93, Água Branca

FingerFingerrr apresenta seu primeiro álbum “Mar“, lançado em 2016, com dez faixas autorais. A música da dupla mescla punk, rock e eletrônico. Espere por um show bem vigoroso!
Finger Fingerrr. Domingo (14.04), às 16h. Gratuito.
Sesc Pompeia – Deck. Rua Clelia, 93, Água Branca.

Roda de samba comandada por mulheres exaltando o papel de cantoras, instrumentistas, compositoras e agentes transformadoras na construção do samba como manifestação cultural, espaço de resistência e afirmação de identidades. O evento faz parte do projeto “É samba que elas querem”.
Samba da Elis: Roda aberta e sambadas. Sexta-feira (12.04), das 16h30 às 18h30. Gratuito
Sesc Carmo. Praça Antonio Prado, Sé.

Show do busker (músico de rua) Michael Walker, cantor e guitarrista baseado em Leeds, no Reino Unido. Quem curte folk e música acústica, vai gostar com certeza de assisti-lo. Suas influências são Beatles, Leonard Cohen, The Smiths, The Stone Roses e por aí vai. Clica aqui pra ouvi-lo.
Música no Deck: Michael Walker. Sábado (13.04), às 19h. Gratuito.
Sesc Santana – Deck no Jardim. Av. Luiz Dumont Villares, 579, Jardim São Paulo (ao lado do metrô)

Construtores de Sons é uma aventura sonora sob a produção musical de Lívio Tragtenberg, o álbum apresenta um recorte dentro de um universo amplo de inventores que se utilizam de técnicas que vão da gambiarra à lutheria tradicional, na criação de inusitados instrumentos acústicos. Se você curte experimentações sonoras, com certeza irá gostar do projeto.
Selo Sesc lança Construtores de Sons. Domingo (14.04), das 16 às 18h. Gratuito.
Sesc Dom Pedro II. Praça São Vito, s/nº, Parque Dom Pedro.

Cinema, teatro e dança

The Twilight Zone ganha especial no MIS.
The Twilight Zone ganha especial no MIS.

O Festival Sesc Melhores filmes apresenta os filmes mais significativos que foram exibidos em São Paulo no ano anterior. Para chegar à lista de filmes, é feita uma votação do público em geral e júri especializado. Alguns filmes são pagos e outros têm exibição gratuita, como Chame pelo seu nome (Sesc Campo Limpo); As boas maneiras (Sesc Santana); Os Incríveis 2 (Sesc Interlagos); Pantera Negra (Sesc Interlagos); Um Lugar Silencioso (Sesc Campo Limpo), entre outros. Serão exibidos 19 filmes estrangeiros, 20 nacionais e 6 clássicos.
Festival Sesc Melhores Filmes. De 11 de abril a 1 de maio. Gratuito e pago.
Diversos locais e sessões. Conferir a programação completa aqui.

O motorista de táxi de Nova York Travis Bickle reflete constantemente sobre a corrupção da vida ao seu redor e sente-se cada vez mais perturbado com a própria solidão e alienação. Em praticamente todas as fases de sua vida, Bickle permanece isolado e não consegue fazer contato emocional com ninguém. Incapaz de dormir noite após noite, o motorista frequenta os estabelecimentos de pornografia locais em busca de diversão.
CineMário: Taxi Driver. Quarta-feira (10.04), das 19 às 21h. Gratuito.
Biblioteca Mário de Andrade. Rua da Consolação, 94, Centro.

Documentário sobre a rotina de moradores do edifício São Vito, popularmente chamado de Treme-Treme, no centro de São Paulo, às vésperas da desocupação do prédio, em 2004. Treze anos depois da desapropriação, não existem mais vestígios do São Vito, mas a vida e a memória dos antigos moradores continua presente na cidade. A exibição é seguida de uma roda de conversa. A mediação de Rodrigo Reis, curador do Volver parte de uma questão cartográfica: o que o filme faz com quem faz o filme?
Cine Volver: São Vito. Quarta-feira (10.04), das 20 às 23h. Gratuito.
Mundo Pensante. Rua 13 de Maio, 830, Bela Vista.

Dois atores da Próxima Companhia percorrem as ruas da região denominada Cracolândia em uma intervenção artística/ performance. Re[tiros]: Alvos entre fluxos é a segunda intervenção na cidade (de um total de sete) que busca contribuir para a pesquisa do grupo na criação de seu novo espetáculo.
Re[tiros]: Alvos entre fluxos. Quarta a sexta (dias 10, 11 e 12.04), às 14h30. Duração 60 minutos – gratuito.
Saída da sede d’A Próxima Companhia. Rua Barão de Campinas, 529, Campos Elíseos. 

A partir da contratação de Hilda como empregada doméstica, patroa e marido da contratada iniciam uma violenta negociação permeada por um humor mordaz, onde as relações de subordinação sociais e afetivas são levadas ao limite do delírio e da loucura.
Hilda. Sexta (12.04) e sábado (13.04), às 21h; domingo (14.04), às 19h. Gratuito. Censura 14 anos.
Teatro Cacilda Becker. Rua Tito, 295, Lapa.

O Além da Telinha de abril traz uma programação especial sobre a série de TV Além da Imaginação, que mudou os conceitos da televisão nos anos 60 ao trazer histórias de ficção científica, terror, suspense e até pitadas de comédia. Será um longa-metragem e 3 episódios da série.
Além da Telinha: The Twilight Zone. Sábado (12.04), das 12 às 17h. Gratuito – ingressos distribuídos 1h antes.
Museu da Imagem e do Som (MIS). Av. Europa, 158, Jardim Europa.

Como parte da exposição “Taswir – a fotografia árabe contemporânea” do Tomie Ohtake, esta mostra de filmes traz produções de diferentes nacionalidades buscando retratar a realidade política, social e cultural dos países que integram o mundo árabe.
Mostra de Filmes Mundo Árabe Contemporâneo. Sábado (13.04) e domingo (14.04), várias sessões. Gratuito.
Instituto Tomie Ohtake. Rua Coropés, 88, Pinheiros

Exposições e passeios

"Amazônia, de Claudia Andujar e George Love" é a nova expo no IMS Paulista
“Amazônia, de Claudia Andujar e George Love” é a nova expo no IMS Paulista

A exposição sobre o fotolivro “Amazônia”, de Claudia Andujar e George Love é um desdobramento da exposição “Claudia Andujar: a luta Yanomami” que achou há pouco tempo no IMS, e apresenta anotações e comentários do curador Thyago Nogueira ao lado de reproduções das páginas do fotolivro.
“Amazônia”, de Claudia Andujar e George Love. Até 16.06. Terças a domingos, das 10h às 20h (quinta até 22h). Gratuito.
IMS Paulista. Avenida Paulista, 2424, Consolação

O MASP continua o seu ano dedicado a mulheres trazendo de volta ninguém menos que Tarsila do Amaral! A obra de uma das maiores artistas (senão a maior) do país volta a ser exibida, com cerca de 120 trabalhos que enfatizam seus personagens, temas e narrativas – inclusive o Abaporu que não era exposto por aqui há anos.
Tarsila: Popular. Até 28 de julho. Gratuito às terças.
MASP. Avenida Paulista, 1578, Bela Vista

Vai rolar uma observação noturna no Ibirapuera utilizando os telescópios do planetário. Vai ser a céu aberto, portanto atentar às condições metereológicas, pois caso tenham indícios de nuvens no céu ou chuva, o evento poderá ser cancelado.
Observação Noturna no Ibirapuera. Quinta-feira (11.04), das 20 às 22h. Gratuito.
Planetário do Ibirapuera – arena de eventos entre o Planetário e o Museu Afro. Parque do Ibirapuera.

O Centro Histórico de São Paulo será tomado no fim de semana com intervenções artísticas, oficinas, exposições e shows. A inspiração do evento veio do conceito “O que uma poesia e um poeta podem fazer por uma cidade?”.
Poesia no Centro. Sexta (12.04), sábado (13.04) e domingo (14.04), das 9 às 22h. Gratuito.
Diversos locais – conferir a programação completa aqui.

O Pivô apresenta a primeira edição do ano do Ateliê Aberto, que faz parte do programa de residência artística Pivô Pesquisa. O público é convidado a entrar em contato com o processo criativo dos artistas, que apresentam trabalhos em andamento, testam possibilidades de exposição ou produzem conteúdos específicos para o evento, como conversar ou performances.
Ateliê Aberto – Primeiro Ciclo Pivô Pesquisa 2019. Sábado (13.04), das 13 às 19h. Gratuito.
Pivô – Edifício Copan. Av. Ipiranga, 200 – Bloco A, loja 54, Centro.

Bate-papo, leituras, oficinas e palestras

Red Bull Pulso. Foto: divulgação

Rimas, versos, beats e poesias de diversos cantos do Brasil vão se misturar no centro de São Paulo durante o Red Bull Music Pulso numa ocupação musical. Nesta quarta edição, 25 artistas independentes discutem o futuro do rap e seu encontro com outros estilos. O público poderá ver o resultado dessas experimentações por meio de palestras, workshops e shows gratuitos. A programação está beeeeem bacana.
Red Bull Music Pulso 2019. Até 28 de abril. Conferir a programação completa aqui. Gratuito – algumas atividades pedem inscrições prévias.
Red Bull Station. Praça da Bandeira, 137, ao lado do Terminal Bandeira.

Workshop de psicodrama para discutir e refletir sobre as relações humanas, modos de ser e de viver mediante a dramatização de histórias através de personagens de filmes.
Workshop Psicodrama, Cinema e Processos de Subjetivação. Quarta-feira (10.04). Gratuito – 30 vagas.
Livraria Martins Fontes. Av. Paulista, 509, Paraíso.

O curso discute, a partir de textos selecionados da crítica e da ficção, a relação entre cultura e sociedade, com questões como “O que a forma literária nos revela do processo social e do nosso lugar no mundo hoje?”.
Curso Cultura e Sociedade. Quarta (10.04) às 19h. Gratuito.
Sesc Avenida Paulista. Avenida Paulista, 119, Paraíso

Além da famosa tetralogia, Elena Ferrante também escreveu o ótimo (e dramático) Dias de Abandono. O livro narra a história de Olga, abandonada pelo marido Mario após 15 anos de casamento. Presa ao cotidiano estilhaçado com dois filhos, um cachorro e nenhum emprego, ela se recusa a assumir o papel de mulher abandonada. Essa opção a projeta num turbilhão de obsessões, angústias e ímpetos violentos, capazes de afastá-la do fato de que as derrotas precisam ser assumidas para que a vida possa enfim seguir adiante.
Clube de prosa: Dias de Abandono de Elena Ferrante. Quarta-feira (10.04), às 19h. Gratuito.
Biblioteca Mário de Andrade. Rua da Consolação, 94, Centro. 

Evento que ali a tradicional mesa de autógrafos com roda de conversa com poetas e ensaístas em torno de temas relevantes à cena literária contemporânea. Esta edição traz diversos lançamentos: “Polaroides” e “13 nudes”, de Adelaide Ivánova, da plaquete de ensaio “Nenhum muro à altura do peito”, de Priscilla Campos, e da segunda reimpressão do livro “Use o alicate agora”, de Natasha Felix, seguido de roda de conversa com Priscilla Campos e Natasha Felix, mediada por Juliana Bratfisch, em torno da literatura feita por mulheres.
Sessões Macondo: A Pauliceia. Quarta-feira (10.04), das 19 às 22h. Gratuito.
Tapera Taperá. Av. São Luiz, 187, 2º andar, República.

Encontro com a escritora Maria Valéria Rezende pra um bate-papo sobre seu livro “Carta à Rainha Louca”. O projeto “O Escritor na Biblioteca” foi criado em 1981 e será reinaugurado nessa semana. Já passaram por lá no passado escritores como Ferreira Gullar, Fernando Sabino, Lya Luft, Lygia Fagundes Telles entre outros.
Escritora na Biblioteca: Maria Valéria Rezende. Quinta-feira (11.04), das 19 às 20h. Gratuito.
Biblioteca Mário de Andrade. Rua da Consolação 94, Centro.

Reabertura da biblioteca do Goethe-Institute, que foi toda reformada. Para celebrar a data, vai rolar em conjunto o evento “Passaporte: Literatura” com o escritor brasileiro Luiz Ruffato, que falará sobre sua experiência literária na Alemanha, literatura contemporânea e autores de língua alemã que foram importantes para sua formação.
Reinauguração Biblioteca Goethe-Institute. Sexta-feira (12.04), das 18h30 às 20h30. Gratuito.
Goethe-Institute. Rua Lisboa, 974, Pinheiros.

O Mercado das Madalenas, além da venda de produtos artesanais, apresenta uma programação gratuita ao longo do fim de semana. Tem meditação, yoga, oficinas diversas e palestras de alimentação orgânica a relacionamentos na era digital. E ainda acontece no delicioso jardim do Museu da Casa Brasileira.
Mercado das Madalenas. Sábado e domingo (13 e 14.04), das 10 às 20h. Entrada gratuita. 
Museu da Casa Brasileira. Av. Brig. Faria Lima, 2705.

Um dia de rodas de conversa, shows, experiências, workshops e várias mulheres legais tendo papos importantes.
Free Free Festival. Domingo (14.04) das 13h às 20h. Gratuito.
House of All. Rua Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 61, Pinheiros

Buscando refletir sobre os desafios da educação, o debate “Caminhos da Educação” dialoga com a exposição “O professor deverá ser o último a se retirar, mesmo nos dias de chuva” que lança olhares a questões da educação formal no Brasil. O evento abre com a exibição do documentário “Quando sinto que já sei”, que aborda formatos e experiências de ensino não convencionais.
Temporada em Foco: Caminhos da Educação. Sábado (13.04), das 14 às 18h. Gratuito (70 vagas).
Paço das Artes. Av. Europa, 158, Jardim Europa.

“Um quarto todo nosso” é um sarau idealizado por Cecília Floresta e Cristina Judar para promover e estimular o desenvolvimento da arte literária (poesia e prosa) produzida por sapatões, sapatrans e bissexuais. Quem tiver escritos pode levar, pois terá também um espaço livre para leituras.
Um quarto todo nosso. Sábado (13.04), das 16 às 21h. Gratuito.
Galpão Casa 1. Rua Adoniran Barbosa, 151, Bixiga. 

Quem quiser treinar inglês, francês, espanhol ou alemão, poderá participar do clube de conversação do Centro de Línguas Acepusp. É só chegar e entrar no grupo do idioma que quer praticar. O evento conta com temas e jogos voltados pra prática de idiomas.
2º Clube de Conversação. Sábado (13.04), das 17 às 20h. Gratuito.
Centro de Línguas da Acepusp. Rua da Consolação, 1909, Jardins.

*Foto capa: Linn da Quebrada por Laís Aranha

*Esse guia é apresentado pela Catho, multinacional de tecnologia, que tem como missão mudar a vida das pessoas por meio do trabalho e carreira.  

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

09 de April, 2019

Share

Apresentado por

Lalai Persson

Lalai prometeu aos 15 anos que aos 40 faria sua sonhada viagem à Europa. Aos 24 conseguiu adiantar tal sonho em 16 anos. Desde então pisou 33 vezes em Paris e não pára de contar. Não é uma exímia planejadora de viagens. Gosta mesmo é de anotar o que é imperdível, a partir daí, prefere se perder nas ruas por onde passa e tirar dicas de locais. Hoje coleciona boas histórias, perrengues e cotonetes.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.