Decoding

Tendências dos principais festivais de inovação e criatividade do mundo.

Eventos gratuitos SP por Catho

Guia semanal de eventos gratuitos para curtir em São Paulo

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Nomadismo Digital por Treviso

Trabalhando e viajando ao mesmo tempo.

Podcast Jogo do CoP

O podcast Jogo do CoP discute quinzenalmente assuntos aleatórios.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Rio24hrs

Feito com ❤ no Rio, para o Rio, só com o que há de melhor rolando na cidade.

SP24hrs

Gastronomia, cultura, arte, música, diversão, compras e inspiração na Selva de Pedra. Porque para amar São Paulo, não é preciso firulas. Só é preciso vivê-la.

Valle Nevado

Chicken or Pasta na temporada 2019 do Valle Nevado.

Festival de Luzes São Paulo faz sua 2ª edição em outubro

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

09 de October, 2019

Share

Apresentado por

O Festival de Luzes de São Paulo, organizado pela Visualfarm, chega em sua segunda edição rolando por três finais de semana seguidos a partir da próxima sexta-feira. O objetivo é ressignificar monumentos, prédios e pontos importantes da capital paulista, dando a eles uma nova cara e criando uma nova relação das pessoas com a cidade. Assim como em 2018, o festival ocupa diversos espaços da cidade.

O Edifício Anchieta, na esquina da Av. Paulista com a Rua da Consolação, recebe a primeira ação entre os dias 11 e 13 de outubro. A projeção será com desenhos de crianças de 5 a 12 anos criados especialmente para o evento.

O Festival de Luzes de São Paulo, organizado pela Visualfarm, faz sua segunda edição em outubro ocupando diversos espaços da cidade.
Festival de Luzes de São Paulo: Cleber Portaro. Foto: divulgação

No fim de semana seguinte, 18 e 19 de outubro, serão duas ações acontecendo simultaneamente. A esquina da Rua Augusta com a Rua Fernando de Albuquerque será palco para uma instalação da VJ Lê Pantoja, que utiliza recortes de revista, papéis coloridos e tintas para manipular digitalmente uma colagem que dialoga com o sagrado feminino. Já o Minhocão recebe intervenção “Odiolândia”, da artista Giselle Beiguelman, animação que reúne comentários retirados das redes sociais sobre a queda do prédio da ocupação do Largo Paissandú.

Odiolandia, de Giselle Beiguelmann, no Festival de Luzes de São Paulo. Foto: divulgação

Nos dias 26 e 27, o festival retorna para seu primeiro palco na edição 2018, o Monumento das Bandeiras, que receberá o “Balé de Drones”, da Visualfarm. O espetáculo terá trilha sonora e trará dezenas de robôs voadores que se posicionam no céu formando imagens tridimensionais em pleno ar. A experiência é semelhante a um balé realizado por vagalumes. Cada apresentação dura cerca de 8 minutos e fica a 70 metros do chão, rolando a cada 30 minutos das 20 às 22 horas.

Festival de Luzes de São Paulo: Balé de Drones, Visualfarm. Foto: divulgação

O festival é gratuito e aberto para o público. As projeções serão repetidas diversas vezes sempre à noite, durante o horário programado. Para saber mais sobre o festival, basta segui-lo nas redes sociais Instagram e/ou Facebook.

*Foto destaque: Festival de Luzes de São Paulo 2019 por Willian Valente

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

09 de October, 2019

Share

Apresentado por

Lalai Persson

Lalai prometeu aos 15 anos que aos 40 faria sua sonhada viagem à Europa. Aos 24 conseguiu adiantar tal sonho em 16 anos. Desde então pisou 33 vezes em Paris e não pára de contar. Não é uma exímia planejadora de viagens. Gosta mesmo é de anotar o que é imperdível, a partir daí, prefere se perder nas ruas por onde passa e tirar dicas de locais. Hoje coleciona boas histórias, perrengues e cotonetes.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.