De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

SP24hrs

Porque para amar São Paulo não é preciso firulas.

Os melhores eventos de São Paulo pra driblar a crise: 30.10 a 4.11

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

30 de October, 2018

Share

A semana começa aos trancos e barrancos por aqui, mas buscando todo o otimismo e amor na gaveta pra seguir em frente. Tem feriado vindo aí e a programação da cidade continua linda, intensa e para todos os gostos. É só escolher pra onde quer ir.

Festas e shows

Rap Hour só com as minas com pocket show de Bianca Hoffmann.
Rap Hour com Bianca Hoffmann. Terça-feira (30.10), das 19 às 22h. Gratuito.
Matilha Cultural. Rua Rêgo Freitas, 543, Centro.

E foi dada a largada pro carnaval. Boa opção pra quem está precisando fugir um cadinho da realidade. Depois caso queira esticar, rola a festa do Zé com três Zés se apresentando.
O Espetacular Ensaio Aberto Charanga do França. Terça-feira (30.10), das 20h30 às 23h. Gratuito.
Mundo Pensante. Rua Treze de Maio, 830, Bela Vista.

Show de reggae com participação de Marietta.
Show Ambulantes. Quarta-feira (31.10), às 19h. Gratuito.

Galeria Olido. Av. São João, 473, Centro.

Atenção para o dresscode!
Z(o)NA FREE. Quinta (01.11) a partir das 23h30. Gratuito.
ZIG Club. Rua Álvaro de Carvalho, 190, República.

Duas festas juntas para os novinhos e na faixa!
Chernobyl & Chorume. Sexta (02.11) a partir das 17h30. Gratuito.
Local será revelado em breve.

Show da curitibana Betina. Vale a pena ir!
Betina. Sexta (02.11) às 19h. Gratuito.
Centro Cultural São Paulo. Rua Vergueiro, 1000, Paraíso

A cantora Nega Duda canta inesquecíveis clássicos da produção musical de Clementina de Jesus.
Tardes Musicais. Sábado (3.11), às 16h30. Gratuito.
Fundação Emma Klabin. Rua Portugal, 43, Jardim Europa.

Akin e Carol Mattos na rua e de graça!
BLUM. Sábado (03.11) a partir das 23h30. Gratuito.
Rua Líbero Badaró, 589, Centro

Déborah Castolline apresenta, o seu show de estreia “Como nascem as manhãs”.
Déborah Castolline. Domingo (4.11), das 19 às 20h15. Gratuito.
Itaú Cultural. Av. Paulista, 149, Bela Vista.

Festa de disco, boogie, funk, soul com os DJs Benjamin Ferreira e Caio Taborda (Gop Tun).
Stay Free Party. Sábado (3.11), das 15 às 21h. Gratuito.
Mirante 9 de Julho. Praça Carlos Comenale, s/nº 

Show do BNegão Trio. Dispensa apresentações. Mas chega antes pra grande festa de 11 anos do Quilombo Hi-Fi, que rola a partir das 14h no calçadão.
BNegão Trio Sábado (3.11), das 20 às 23h. Gratuito.
CCJ. Av. Dep. Emílio Carlos, 3641, Vila Nova Cachoeirinha

Pra virar a noite dançando música brasileira.
Free Beats. Sábado (3.11), das 23 às 5h. Gratuito.
Estúdio Bixiga. Rua Treze de Maio, 825, Bela Vista.

Exposições

Lasar Segall – Paisagem Brasileira 1953

Exposição multimídia apresenta depoimentos de protagonistas de lutas contra preconceitos sociais. O público é convidado a acompanhar os discursos, dentro ou fora do círculo, criando analogias, reflexões e diálogos a partir das falas cruzadas.
Palavras Cruzadas: Lugares de Fala Contemporâneos. Até 23 de dezembro. Gratuito.
Sesc Vila Mariana. Rua Pelotas, 141, Vila Mariana.

Em Lasar Segall: ensaio sobre a cor, retrospectiva com 87 pinturas e seis desenhos, além de fotografias e documentos, a curadora Maria Alice Milliet ilumina de forma inédita a questão cromática na produção do artista lituano naturalizado brasileiro.
Lasar Segall: Ensaio sobre a Cor. Até 5 de março, 2019. Gratuito.
Sesc 24 de Maio. Rua 24 de Maio, 109, Centro.

Cuba ganha uma casa dedicada à sua cultura. Na abertura vão rolar exposições, palestras, filme, performance e jam do corpo.
Casa de Artes Cubano-Brasileira. Sábado (3.11), das 12 às 22h. Gratuito.
Rua Fábia, 417, Lapa

A artista chilena María Luisa Portuondo desembarca no Brasil com o trabalho Secreto (segredo), ação que se trata de um convite a nos liberar coletivamente do não-contado. Trata-se de uma instalação urbana com foco na participação cidadã que vai recolhendo segredos anônimos, por diferentes cidades do mundo. No Brasil, o trabalho acontece no baixo do Viaduto Júlio de Mesquita Filho (em frente ao Oficina) e em conjunto com o Teatro Oficina.
Secreto (segredo), de María P. Vila apresentado em colaboração com o Teatro Oficina. De 4 a 6.11, a partir das 18h.
Viaduto Júlio de Mesquita Filho (em frente ao Teatro Oficina)

Cinema, teatro e dança

Damas em Trânsito e os Bucaneiros. Foto: Clarissa Lambert
Damas em Trânsito e os Bucaneiros. Foto: Clarissa Lambert

José Miguel Wisnik convida Nuno Ramos e os músicos Arrigo Barnabé e Kristoff Silva para um encontro no palco para celebrar a data de nascimento de Drummond. O evento parte do livro de Wisnik, Maquinação do Mundo – Drummond e a Mineração,  conta com bate-papo sobre a obra do poeta, leituras, vídeos e canções.
Dia D Drummond: Maquinação do Mundo. Quarta-feira (31.10), das 21h30 às 23h. Gratuito.
Sesc Pompeia – Comedoria. Rua Clélia, 92. 

São Paulo ganha o primeiro festival de cinema, arte e literatura africana.
I FESCALA. Dias 31.10, das 18 às 20h; 1.11, das 14 às 20h15 e 2.11, das 12 às 20h15. Gratuito. 
Av. São João, 473, Centro.

A Vice apresenta os dois primeiros episódios da série “Transe” sobre o mundo e o submundo do sexo no Brasil.
Vice apresenta Transe. Quinta (01.11) das 19h às 22h. Gratuito.
MIS. Avenida Europa, 158, Jardim Europa

No espetáculo de dança Partilhas Poéticas em Contato, a Cia. de Dança Damas em Trânsito e os Bucaneiros inova ao convidar quatro instrumentistas para compor individualmente a trilha sonora durante a apresentação.
Partilhas Poéticas em Contato. Dias 1, 2 e 3 de novembro (quinta a sábado), às 16h. Gratuito.
Praça das Artes. Av. São João, 281, Centro.

Workshops, palestras e bate-papos

Pecha Kucha é um formato de apresentação com 20 imagens x 20 segundos cada. Os temas nesta edição são Movimento; Trabalho e Seus Novos Formatos; Ação, corpo e mente; Ontological Design e Vieses Cognitivos.
Pecha Kucha Night. Terça-feira (30.10), das 19 às 22h. Gratuito.
House of All. Rua Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 47, Pinheiros.

O editor Vanderley Mendonça conta os bastidores da edição de POEMOBILES, de Augusto de Campos e Julio Plaza, publicada pela Demônio Negro.
Bate-papo e Lançamento: Poemóbiles. Quarta-feira (31.10), das 19 às 22h. Entrada gratuita.
Sala Tatuí. Rua Barão de Tatuí, 302, Santa Cecília.

O professor Fabio Cesar Alves, da USP, falará sobre as questões que cercam o contraditório engajamento de Carlos Drummond de Andrade com a política.
Drummond e a Política. Quarta-feira (31.10), às 19h30. Gratuito, ingressos distribuídos com 1h de antecedência.
IMS – Sala de Aula. Av. Paulista, 2424, Cerqueira César.

Sob a sombra do trágico incêndio do Museu Nacional no Rio de Janeiro, o Brechas Urbanas deste mês traz Adriana Valderrama López (Museo Casa de la Memoria/Colômbia) e Maria Ignez Mantovani (Expomus) para incentivar o debate a respeito da importância de políticas culturais e da manutenção da memória deixada pela história.
Brechas Urbanas – o Papel dos Museus nas Cidades Contemporâneas. Quarta-feira (31.10), às 20h. Gratuito. Duração 2 horas.
Itaú Cultural – Sala Multiuso (piso 2). Av. Paulista, 149, Bela Vista. 

Palestra sobre plutão, o nosso polêmico astro.
Enigma de Plutão. Sexta-feira (2.11), das 15 às 16h. Gratuito.
Planetário do Carmo. Rua John Speers, 137.

Para quem ama quadrinhos. Além da feira, rolam apresentações, workshop, palestra.
Feira Des.gráfica. Sábado e domingo (3 e 4.11), das 11 às 20h. Entrada gratuita.
MIS. Av. Europa, 158, Jardim Europa.

Meditação

Aula gratuita de yoga com o Movimento Mais Flow.
Aula de Yoga. De 8 de novembro a 20 de dezembro, sempre às quintas-feiras, das 15 às 16h30. Gratuito.
CCSP. Av. Vergueiro, 1000.

Meditação com o Berimbau-Xamã, que promove um encontro entre a respiração, a massagem e a percepção corporal através do toque e ressonância do som do berimbau.
Berimbau-Xamã. Dias 3, 10, 17 e 24 de novembro, das 10h10 às 11h10. Gratuito.
Sesc Av. Paulista. Av. Paulista, 119, Bela Vista.

Já falamos, mas vale repetir

Exposição apresenta retrospectiva e homenagem aos 100 anos de nascimento do fotógrafo norte-americano Irving Penn. A programação conta com uma agenda gratuita de oficinas diversas.
Irving Penn: Centenário. Até 18 de novembro. Gratuito. 
Instituto Moreira Salles. Av. Paulista, 2424 – Galerias 2 e 3.

Exposição que discute a identidade através do rosto.
A Origem do Rosto, de Arthur Omar. Até 1.12. Segunda a sexta, das 11 às 21h30; sábados e feriados, das 10h30 às 18h30. Gratuito.
Sesc Consolação. Rua Dr. Vila Nova, 245, Vila Buarque.

Uma das maiores bienais de arte do mundo.
33ª Bienal de Artes de São Paulo. Até 9 de dezembro. Gratuito. 
Pavilhão da Bienal. Parque Ibirapuera.

O Sesc Pompeia se juntou com o Goethe-Institute para apresentar a exposição sobre a Escola Bauhaus, que analisa se alcance e influência a partir de diversas escolas e universidade além da Europa.
bauhaus imaginista: aprendizados recíprocos. Até 6 de janeiro (horários do Sesc Pompeia). Gratuito.
Sesc Pompeia. Rua Clélia, 93, Pompeia.

Instalação imersiva do duo japonês Nonotak.
Nonotak: Dimensão. Até 06.01.2019. Terça a sábado, das 10 às 22h; domingos e feriados, das 10 às 18h. Gratuito.
Japan House. Av. Paulista, 52, Piso Térreo.

Retrospectiva de 70 anos de produção gráfica do gênio Millôr.
Millôr: Obra Gráfica. Até 27 de janeiro 2019. De terça a domingo e feriados (exceto segunda), das 10h às 20h. Quinta, exceto feriados, das 10h às 22h. Gratuito.
Instituto Moreira Salles. Av. Paulista, 2424.

Exposição imersiva com realidade virtual visitando 10 bibliotecas no mundo, reais e imaginárias.
Biblioteca à Noite. Até 10.02.2019. Gratuito, mas necessário agendamento prévio disponível a partir de 2.10.
Sesc Av. Paulista. Av. Paulista, 119, Bela Vista – Arte 1 – 5º andar.

*Foto destaque: Quilombo Hi Fi na Cachoeirinha, Zona Norte, por Miguel de Castro

Quem escreveu

Lalai Persson

Data

30 de October, 2018

Share

Lalai Persson

Lalai prometeu aos 15 anos que aos 40 faria sua sonhada viagem à Europa. Aos 24 conseguiu adiantar tal sonho em 16 anos. Desde então pisou 33 vezes em Paris e não pára de contar. Não é uma exímia planejadora de viagens. Gosta mesmo é de anotar o que é imperdível, a partir daí, prefere se perder nas ruas por onde passa e tirar dicas de locais. Hoje coleciona boas histórias, perrengues e cotonetes.

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.