Ciclismo indoor: mantendo seus treinos durante suas viagens

Quem escreveu

Luciana Guilliod

Data

05 de June, 2018

Share

Tá treinando para um prova de ciclismo e vai ter que viajar sem a bike. Começou chover bem na hora que estava saindo pra pedalar. Adora ciclismo, mas não há bons lugares para pedalar por perto. E agora?

Uma solução é transferir o treino para os estúdios de ciclismo indoor que vem surgindo nas grandes cidades do Brasil. Geralmente compostos por uma sala com espelhos e fileiras de bicicletas, os estúdios de ciclismo não têm nada a ver com spinning: as bikes estacionárias são diferentes em sua geometria, preservando a relação de medidas específicas, sistema de câmbio e regulação iguais às bicicletas de estrada. A ideia é que a experiência de pedalar seja a mais real possível, sempre de olho no resultado final de uma experiência outdoor. A maioria dos estúdios também tem rolos magnéticos para que os alunos prendam suas bikes próprias.

Mesmo quem tem oportunidade de pedalar na rua vê várias vantagens nos estúdios. Não há risco de queda, atropelamento ou assalto. Ao contrário do asfalto, não é necessário parar em sinais, fazer curvas ou desviar de buracos e é possível ignorar vento e chuva. Se você precisa treinar subidas, não é necessário perder tempo descendo. Afinal, se até o recordista mundial do Ironman Tin Don foi atropelado enquanto pedalava no pacato Havaí, quem somos nós na fila do whey para estarmos a salvo desses perrengues? O pedal nos estúdios pode ser mais eficiente e seguro que no asfalto, pois é eficiente e poupa tempo.

Não deu pra levar a bike na viagem mas você pode fazer exatamente o mesmo treino, ajustando o percurso para simular aquele que você quer ou está acostumado a percorrer. Ou faça justamente o contrário: No Ride Club, no Rio de Janeiro, é possível experimentar os mais famosos percursos mundiais de ciclismo. As montanhas, por exemplo, são simuladas por um software que ajusta automaticamente a resistência das bicicletas – uma boa ideia se você tá na curiosidade de experimentar aquele passeio ou quer saber o quão dura será uma prova no exterior.

Os estúdios de bike também são uma para iniciantes. Ganha-se intimidade com a bicicleta e é mais fácil testar a pegadinha que leva ao chão todo novato (Luciana Presente!): a sapatilha presa no pedal. E se você tá meio perdido, sem entender de método, dá pra seguir um plano pré estabelecido pelos estúdios, após um teste de esforço para avaliar a frequência cardíaca máxima. Há sempre um profissional de educação física presente nas salas, avaliando o posicionamento e biomecânica de cada atleta.

Se você curte um gadget ou um gráfico, vai pirar. Dados do treino são mostrados em tempo real nos telões ou em telas individuais, para monitoramento das zonas alvo de potência, cadência adequada a cada trajeto, frequência cardíaca alvo, velocidade, velocidade média, distância percorrida, relação peso x potência. Durante o exercício, a carga utilizada é determinada pelo próprio programa. Em outros momentos, o câmbio é acionado pelo ciclista para impulsionar a atividade escolhida para o dia. É, brother, dessa vez não vai dar pra roubar no treino. Mas você pode ser o personagem do seu próprio videogame, pedalando em realidade virtual ao lado de outros ciclistas.

*O Marcelo complementou a matéria com seu comentário: “O aplicativo mostrado é o Zwift. Ele pode ser usado por qualquer um, do conforto da sua cada (desde que a pessoa tenha um rolo de treino) (…). E, dado o tema “viagem” do site, vale dizer que o app tem percursos em Londres, Richmond e numa ilha (virtual) paradisíaca no Pacífico. Em breve terá Innsbruck (Áustria) e outras cidades. Por fim a Zwift, apesar de ter sede nos EUA, tem um time de desenvolvimento no Rio”.

Estúdios de ciclismo indoor no Brasil:

São Paulo

Studio 220
Rua Alceu de Campos Rodrigues, 341. Itaim Bibi.
(11)2730-0813

Care club
Rua Dr. Alceu de Campos Rodrigues, 341. Itaim Bibi.
(11) 2730-0813

Rio de Janeiro

Flow Cycling
Rua General Uquiza 67 loja 11 e 12. Leblon.
(21) 98268-5656

Ride Studio
Rua Garcia D’ávila 130/301. Ipanema.
(21) 32176317

Curitiba

Studio 220
Rua Augusto Stresser, 1619. Juvevê.
(41) 41410594

Quem escreveu

Luciana Guilliod

Data

05 de June, 2018

Share

Luciana Guilliod

Carioca da Zona Norte, hoje mora na Zona Sul. Já foi da noite, da balada e da vida urbana. Hoje é do dia, da tranquilidade e da natureza. Prefere o slow travel, andar a pé, mala de mão e aluguel de apartamento. Se a comida do destino for boa, já vale a passagem.

Ver todos os posts

Comentários

  • Não há nada igual ao Ride. Spinning? Estou fora. Treinamento, de fato, é em bike estacionária e com o melhor treinador de ciclismo do Rio, o campeão Nuno Lopes, único brasileiro a correr e completar a mais longa prova do mundo, a TransAm Bike Race, de costa a costa nos EUA: https://transambikerace.com
    - AA
    • Spinning só em caso de última necessidade :P
      - Luciana Guilliod
  • Indico Ride Studio!!! Estou adorando o local e os professores.... dá ânimo de pedalar!!
    - Sol
    • tô devendo uma visita!
      - Luciana Guilliod

Adicionar comentário

Assine nossa newsletter

Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.