De repente, China

A China nos olhos de uma carioca.

Festivais de música

Os melhores festivais de música do Brasil e do mundo num só lugar.

Fit Happens

Aventura, esporte, alimentação e saúde para quem quer explorar o mundo.

Quinoa or Tofu

Restaurantes, compras, receitas, lugares, curiosidades e cursos. Tudo vegano ou vegetariano.

Roteiros 12 horas por Treviso

Explorando cidades do nascer do sol ao fim da noite.

SP24hrs

Porque para amar São Paulo não é preciso firulas.

Os 10 + lugares pra mergulhar

Quem escreveu

Noo

Data

22 de July, 2015

Share

Que tal sair da rotina e curtir um pouco do mundo submerso? Adrenalina misturada a uma grande paz interior, é essa a sensação de estar abaixo do nível do mar, num completo silêncio. Conversei com o Eduardo Moraes, proprietário da Tropical Dive Brasil, mergulhador há mais de 20 anos e expert no assunto, para passar dicas dos lugares imperdíveis de mergulho mundo a fora.

1. Galápagos

Nas principais ilhas dessa província do Equador, Darwin e Wolf, se pode mergulhar com cardumes de 200 tubarões martelos, tubarões Silk e Galapenhos, e claro, em algumas épocas do ano é rota direta do maior peixe do planeta, o Tubarão Baleia.

Para se chegar lá é necessário fazer um (live aboard) – 7 dias a bordo de um navio.

Nas ilhas Wolf, é só você cair na água para os bichos aparecerem. Arraias chitas e mantas, golfinhos, atuns, tubarões, lobos marinhos e sem falar das tartarugas, escolha o que acha mais bonitinho e faça o mergulho com ele.

O local é ideal para mergulhadores de nível avançado.

Galapagos-1024x323

2. Tahiti 

Na Polinésia Francesa, esse paraíso atrai turistas em lua de mel e mergulhadores de todos os níveis. A ilha mais famosa é Bora Bora, devido aos grandes resorts e por sua beleza natural.

Já para um bom mergulho, a dica do Eduardo é Rangiroa, uma pequena ilha em formato de círculo, em que a parte interna é chamada de lagoon, de tão abrigada.

Existem 2 canais, um deles Tipu Tapass, onde você faz o mergulho do oceano pra dentro da lagoa. A saída é emocionante, porque se sai de botes super rápidos rumo ao mar aberto. Neste momento é possível ver golfinhos saltando nas ondas formadas pelas correntes do canal.

O azul da água é indescritível, não precisa fazer nada, só deixar a corrente levar em direção ao canal; os bichos vão chegando cada um em seu momento. Primeiro os golfinhos e, se olhar pro fundo, consegue enxergar pequenos cardumes de tubarões martelos e, se der sorte, tubarões Tigres. O mergulho vai ficando mais raso e a barreira de coral aparece, a sensação é de entrar em um aquário, milhares de cardumes de peixinhos coloridos, tubarões de arrecifes, tartarugas, muito coral e o gigante peixe Napoleão – fique tranquilo, ele é bem tímido. Depois de entrar no canal, a correnteza fica forte. Deixe fluir em direção a lagoa, olhe pra cima e curta os golfinhos saltando.

Tahiti2

3. Maldivas

No Oceano Índico, ao sudoeste de Siri Lanka e Índia, sua capital é Malé, outro local-desejo de muitos recém-casados. Ali há mergulho de todos os níveis, você pode contratar diretamente do hotel.

Nas Maldivas, opte por ficar em resorts que ficam separados por arquipélagos, como o de Avataru, ou por se hospedar em Live Aboards e rodar por vários lugares.

Água quente, visibilidade incrível chegando aos seus 50 metros com facilidade, uma fauna e flora riquíssima e muita correnteza.

Um ponto incrível é o recife de natal, que leva esse nome por sua formação lembrar muito o desenho de uma árvore de natal. É possível encontrar muitos tubarões, na sua maioria filhotes, grandes moreias, arraias, peixes lindos e coloridos.

A outra opção é o Anemom Tilla, ponto que no fundo se formou um jardim de anêmonas, lá você encontra centenas de peixes palhaços – lembram do lindinho Nemo?

Maldivas2

 

4. África do Sul

Famosa pelos safáris, a África do Sul tem muito entretenimento debaixo d’água também. Lá você pode fazer desde mergulho dentro de gaiola (eu fiz, e é incrível) e avistar os temidos tubarões brancos, ou pode se aventurar em um emocionante mergulho na região chamada Usual Fall, em que Eduardo conta que eles conseguiram atrair tubarões galhas pretas e os tigres, e acredite, sem proteção alguma – tranquilo segundo ele, porque os tubarões estão interessados pelo encodo (conjunto de peixe e restos de carne congelada em um tambor, o cheiro é tão forte que rola um festival de tubarões, é só ficar paradinho admirando esses animais).

Todo esse programa é feito com instrutores e empresas especializadas nesse tipo de mergulho, nem pense em ir por conta própria.

Já se prefere mergulhar no aquário, Sodowana Bay, é o lugar certo. É uma barreira de coral de aproximadamente 9 milhas e você mergulha com tartarugas, garoupa batata, peixes leão e tartarugas.

untitled-777125

5. Austrália

A grande barreira de coral é a maior atração, tão grande que se pode avistar do espaço, composta por um conjunto de organismos vivos. São cerca de 40 metros de visibilidade, mergulhos para todos o níveis, uma biodiversidade incrível – desde espécies de tartarugas, tubarões, peixes leão, arraias até baleias. Se for à Austrália e não mergulhar, é como ir a Paris e não ver a Torre Eiffel.

australia4-1024x768

 

6. Ilha de Cocos

No litoral da Costa Rica, não deixe de conhecer; a ilha ficou conhecida pelas gravações de Jurassic Park Mergulho com grandes cardumes de peixes pelágicos, (cardumes de passagem) como atuns e xaréus dourados de alto mar. Um dos atrativos é a concentração de grandes tubarões, como tigre, galha branca e galha preta.

Para se chegar são necessários mais de 30 horas de navegação e pelo menos uns 7 dias a bordo dos grandes barcos de mergulhos, barcos esses que são verdadeiros hotéis de luxo. Melhor época para ir? De julho a novembro.

Ilha-de-cocos2

7. Palau

A República de Palau é um pequeno país insular da Micronésia, no Oceano Pacífico. São cerca de 350 ilhas que você pode desfrutar de belezas naturais e ótimos mergulhos. O destino está se tornando queridinho dos mergulhadores. Aproveite para fazer uma escala no Havaí e curtir alguns dias.

Palau possui um grande santuário marinho – são mais de 1.300 espécies, como barracudas, arraias mantas, tubarões, tartarugas e infinitas espécies de peixes.

O mergulho é bom o ano todo, mas, como todo lugar, tem algo especial entre dezembro e março, por haver grande concentração de arraias mantas que se reúnem nessa época para acasalamento.

Palau2

8. Bonaire

Situada a apenas 80km da Venezuela, essa ilha é conhecida como DIVE PARADISE, isso mesmo, nos últimos anos a ilha se preparou por completo para receber mergulhadores do mundo inteiro.

Tudo é voltado para a prática do mergulho, não vá se sua intenção não é mergulhar. Os hotéis oferecem toda infraestrutura, como: sala pra guardar equipamentos, cilindros de mergulho disponíveis 24 horas, um drive tru para descarregar e carregar o carro e sair pelas praias rapidinho.

São mais de 80 pontos de mergulhos na praia, localizados ao redor da ilha e identificados com uma charmosa pedra amarela com o nome do ponto.

Bonaire tem espaço para todos os níveis de mergulhadores, do básico ao avançado, até mergulhos Tecs – requer treinamento especial em descompressão. Prepare-se para ser muito bem recebido por pessoas especialistas em atendimento de mergulho.

Vale a pena conferir.

Bonaire3

9. Cuba

São vários pontos de mergulho, entre eles, Varadero, com a melhor estrutura do país e naufrágios impressionantes, inclusive o da Fragata Russa da 2ª guerra mundial, imperdível.

A Ilha da Juventude, onde Fidel Castro e Che Guevara ficaram preso por anos, possui um dos melhores mergulhos do mundo, porém a infraestrutura é bem precária, existe apenas um hotel e este não é o único desafio que se encontra por lá.

Playa Giron é ótima: uma operadora na frente do ponto te leva a paredões lindos que chegam a 2.000 metros de profundidade, e, para os iniciantes, há naufrágios maravilhosos por lá.

CUBA_Fragata-russa-varadero-1024x678

10. Bahamas

As águas cristalinas do Mar do Caribe permitem desfrutar de grandes resorts e mergulhos.

São mais de 300 ilhas para escolher, há belíssimos naufrágios e o emocionante shark diving – um dos primeiros do mundo. Os mergulhadores ajoelham-se no fundo e os guias atraem os tubarões com latões cheios de peixes congelados.

Há uma praia famosa em que é possível fazer mergulhos com tubarões tigres e, em outra, você pode encontrar o tubarão Galha-Branca-Oceânico.

Apesar dos tubarões que assustam, é um destino que agrada a todos os níveis de mergulhadores. Mas fica a dica: fuja de agosto e setembro, é rota e época de furacões.

Bahamas

E aí, vai escolher qual para explorar?


Esse texto foi originalmente publicado pela , da NOO, parceiro de conteúdo do Chicken or Pasta

Foto destaque: shutterstock.com / Andrea Izzotti

Quem escreveu

Noo

Data

22 de July, 2015

Share

Noo

http://noo.com.br/

Ver todos os posts

    Adicionar comentário

    Assine nossa newsletter

    Vivemos em um mundo de opções pasteurizadas, de dualidades. O preto e o branco, o bom e o mau. Não importa se é no avião, ou na Times Square, ou o bar que você vai todo sábado. Queremos ir além. Procuramos tudo o que está no meio. Todos os cinzas. O que você conhece e eu não, e vice-versa. Entre o seu mundo e o meu.